Home 
23/06/2021 às 20h53
Após aluno ser repudiado por propor tema LGBT, escola discutirá diversidade

Projeto vai abordar a diversidade no contexto educacional.

Da Redação | Jornalista Valter Lima
Em celebração à data do Orgulho LGBT+, comemorado internacionalmente no mês de junho, um aluno de 11 anos recebeu críticas após, em um grupo de WhatsApp da escola, propor um trabalho com o tema LGBT+. Danielle Cristina, irmã do estudante, informou que registrou Boletim de Ocorrência.
 
Nesse sentido, conforme o G1, O Ministério Público (MP) de Campinas (SP) decidiu montar um grupo para criar um projeto que vai abordar, na Escola Estadual Aníbal de Freitas, a diversidade no contexto educacional.
 
“Deliberamos que iremos formar um grupo para pensar um projeto para a Escola Aníbal de Freitas, que poderá até se estender para outras escolas, (…) para tratar da questão da diversidade no contexto educacional, com o devido planejamento”, informou o promotor de Justiça Rodrigo de Oliveira.
 
“O encontro deve ser realizado de maneira virtual e contará com diversos representantes da comunidade escolar; alunos, pais, professores, profissionais da direção e demais funcionários. Além disso, representantes das Diretorias de Ensino de Campinas Leste e Oeste também devem estar presentes”.
 
Fonte: UOL

Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas