Home 
18/12/2020 às 11h42
Assunção do Piauí recebe Reconhecimento Público pelo trabalho com a BUSCA ATIVA ESCOLAR

O Reconhecimento Público aconteceu na tarde dessa quinta-feira (17/12) através de uma Live realizada pelo UNICEF e seus parceiros da Região Nordeste.

Da Redação | Valter Lima

O Município de Assunção do Piauí recebeu Reconhecimento Público do UNICEF – Fundo das Nações Unidas para a Infância – pelo alcance das metas do Programa Busca Ativa Escolar (BAE), que visa identificar crianças e adolescentes de 4 a 17 anos fora da escola e criar as condições para que voltem aos bancos escolares.  O Reconhecimento Público aconteceu na tarde de hoje através de uma Live realizada pelo UNICEF e seus parceiros da Região Nordeste.

Segundo Edineime Lopes,que atuou como Supervisora Institucional da Busca Ativa na Educação “o reconhecimento é simbólico, porém,não tira o mérito do trabalho intersetorial realizado pelas áreas da Educação, Saúde, Assistência e Conselho Tutelar para realizar a busca e acompanhamento de crianças e adolescentes fora da escola. “Nossa meta era resgatar 21 alunos que estivessem sem estudar. Matriculamos e monitoramos  trimestralmente durante o período de vigência do programa, 27 crianças e adolescentes. É um trabalho de formiguinha, mas nos sentimos recompensados ao lembrar que este trabalho pode mudar o destino de alguém.”

Sobre o Programa Busca Ativa

O Busca Ativa Escolar foi desenvolvido pelo UNICEF, em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Instituto TIM. Após a implantação do Busca Ativa Escolar no município, cada secretaria, ou grupo, mantém um papel específico, que vai desde a identificação de uma criança ou adolescente fora da escola até a tomada das providências necessárias para a matrícula e a permanência do aluno ou aluna na escola.

Os integrantes da equipe da BAE alimentam os dados dos alunos e o monitoramento de frequência é regular. Decorrido um ano, e não tendo sido constatado problema com a criança ou o adolescente (re)matriculado, o caso recebe o status de Concluído. Caso seja verificada a evasão, o caso recebe o estado Fora da escola. Todo o processo pode ser feito pela internet e a ferramenta pode ser acessada pelos integrantes em qualquer dispositivo, como computadores de mesa, computadores portáteis, tablets, celulares (SMS) e smartphones.

Fotos:Valter Lima | Tapuio Notícias


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas