Home 
15/09/2020 às 13h58
Município de Assunção do Piauí obtém bom índice no IDEB 2019

O resultado do IDEB 2019 foi divulgado nesta terça-feira (15/09) pelo MEC e Inep.

Da Redação | Valter Lima

O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram, nesta terça-feira (15/9), os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019, onde o município de Assunção do Piauí, nos anos iniciais e finais obteve bom desempenho – 4,8 e 4,3,ultrapassando as projeções.

Assunção do Piauí, na atual gestão, no âmbito da Educação, continua em destaque com política educacional organizada e pontuando (crescendo) positivamente nesse indicador nacional (IDEB).

Para a secretária de educação do município, Antonia Alves, esse é mais um resultado satisfatório e de avanço na Educação do Município de Assunção do Piauí, dado ao suporte recebido pela administração municipal na aplicação correta dos recursos em todas as necessidades do setor, desde os cuidados com os alunos da rede e investimento na capacitação dos professores.

“Diante de mais um resultado positivo no âmbito da Educação do Município de Assunção do Piauí (IDEB-2019), em nome de todos que fazem a Educação Municipal, quero agradecer ao prefeito Netinho, por nos dá as condições necessárias para o desenvolvimento de um trabalho que já se consolida por meio desse importante indicador (IDEB), além de toda equipe envolvida: Professores, coordenadores, diretores, supervisores, formadores, vigias,merendeiras zeladores, auxiliares, secretária” – Pontuou a secretária Antonia Alves.

O indicador avalia o desempenho do sistema educacional levando em conta as notas obtidas em provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e a taxa de aprovação escolar.

As metas determinadas para 2019 foram calculadas a partir do desempenho observado em 2005, com curva de projeção para 2095. A distância entre o indicador real e a meta estipulada aumenta conforme as etapas escolares avançam. Os resultados consideram as provas de estudantes das redes pública e privada.

A meta para o Brasil é alcançar a média 6 até 2021, patamar educacional correspondente ao de países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Índice de Desenvolvimento da Educação Básica

O que é o Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado em 2007 e reúne, em um só indicador, os resultados de dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações.

O Ideb funciona como um indicador nacional que possibilita o monitoramento da qualidade da Educação pela população por meio de dados concretos, com o qual a sociedade pode se mobilizar em busca de melhorias. Para tanto, o Ideb é calculado a partir de dois componentes: a taxa de rendimento escolar (aprovação) e as médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente.

Ele é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e das médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) - para as unidades da federação e para o país, e a Prova Brasil - para os municípios.

Para que serve

O Ideb agrega ao enfoque pedagógico dos resultados das avaliações em larga escala do Inep a possibilidade de resultados sintéticos, facilmente assimiláveis, e que permitem traçar metas de qualidade educacional para os sistemas. O índice varia de zero a 10 e a combinação entre fluxo e aprendizagem tem o mérito de equilibrar as duas dimensões: se um sistema de ensino retiver seus alunos para obter resultados de melhor qualidade no Saeb ou Prova Brasil, o fator fluxo será alterado, indicando a necessidade de melhoria do sistema. Se, ao contrário, o sistema apressar a aprovação do aluno sem qualidade, o resultado das avaliações indicará igualmente a necessidade de melhoria do sistema.

O Ideb também é importante por ser condutor de política pública em prol da qualidade da educação. É a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) para a educação básica, que tem estabelecido, como meta, que em 2022 o Ideb do Brasil seja 6,0 - média que corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável a dos países desenvolvidos.

Veja o gráfico do IDEB atingido pelo município de Assunção do Piauí:

P U B L I C I D A D E


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas