Home 
11/02/2020 às 14h33
Conselheiros Tutelares de Assunção do Piauí participam de Capacitação pelo MP-PI

O conteúdo do curso será disponibilizado na modalidade Educação à Distância (EAD), por meio da plataforma Moodle.

Da Redação | MP-PI

Na manhã da última segunda-feira, 10 de fevereiro, os Conselheiros Tutelares do município de Assunção do Piauí (PI), representando o CT local, com apoio da Prefeitura Muncipal, Miquéias Santos, Maurí e Fernando, participaram, em Teresina, de lançamento do curso "Conhecer para Proteger", voltado para a capacitação de Conselheiros Tutelares do Piauí, e do Manual de Atuação do Conselho Tutelar, evento idealizado pelo Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI), por meio do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Infância e Juventude (CAODIJ). O conteúdo do curso será disponibilizado na modalidade Educação à Distância (EAD), por meio da plataforma Moodle.

Veja matéria veiculada pelo site oficial/institucional do MP-PI

O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Infância e Juventude (CAODIJ), realizou, na manhã desta segunda-feira (10), o lançamento do curso "Conhecer para Proteger", voltado para a capacitação de Conselheiros Tutelares do Piauí, e do Manual de Atuação do Conselho Tutelar. Estiveram presentes no evento a Procuradora-Geral de Justiça, Carmelina Moura; a Secretária-Geral do MPPI, Raquel Galvão; a coordenadora do CAODIJ, Sílvia Reis e demais representantes de Conselhos Tutelares do Piauí.

O conteúdo será disponibilizado na modalidade Educação à Distância (EAD), por meio da plataforma Moodle. Para inscrições, é preciso realizar um cadastro através do link: http://bit.ly/inscricao-ceaf. Em seguida, acessar os módulos pelo https://moodle.mppi.mp.br/login, com os respectivos login e senha cadastrados. O “Conhecer para Proteger” contém 10 módulos, com videoaulas de 20 minutos, material para estudo e questionários, além de ser gratuito e aberto a todos.

A iniciativa do curso visa aperfeiçoar a atuação dos Conselhos Tutelares junto à sociedade, abordando assuntos como habilidades para o exercício da função de Conselheiro Tutelar, o combate à violência sexual, Políticas Públicas para a infância, aspectos técnicos para elaboração de documentos, entre outros temas.

“Estamos muito satisfeitos pela grande procura e interesse. Ofertar conhecimento é sempre algo mágico e essa é uma oportunidade de darmos uma capacitação unificada, fazendo com que essa informação seja repassada com a mesma qualidade e o mesmo compromisso a qualquer pessoa que tiver afinidade com o assunto”, ressalta a coordenadora do CAODIJ, Sílvia Reis.

Ainda durante a manhã ocorreu uma roda de conversa com o tema “Conselhos Tutelares Eficazes: desafios e perspectivas para a proteção de crianças e adolescentes”, com a participação do promotor de Justiça, Paulo Rubens Parente Rebouças; da juíza da 1ª Vara da Infância e da Adolescência, Maria Luiza de Moura Mello; do ex-conselheiro, Djan Moreira; do presidente da Associação de Conselheiros Tutelares do Piauí, Francisco Leite.

Na oportunidade, foram discutidos assuntos sobre a realidade dos Conselhos Tutelares e a importância do papel do Conselheiro na mudança da vida de crianças e adolescentes. “Encontros assim são importantes, pois somamos conhecimentos e isso é muito bom, tanto para aqueles que são novos como para os com maior tempo”, comenta o Conselheiro Tutelar de Elesbão Veloso, Antônio Alves dos Reis.

Fotos do evento | Divulgação/MP-PI

P U B L I C I D A D E


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas