Home 
06/09/2018 às 11h23
Secretaria de Saúde de Assunção do Piauí promove campanha “Setembro Amarelo”

O setor em Saúde Municipal fará o Dia “D”, no dia 10/09, com atividades alusivas à campanha nacional “Setembro Amarelo”, com sensibilização da população para a prevenção do suicídio.

Da Redação

A Secretaria de Saúde de Assunção do Piauí, com o apoio da Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Educação e Conselho Tutelar realizará, no dia 10 de setembro, o Dia “D”, evento alusivo ao “Setembro Amarelo”, mês dedicado à prevenção do suicídio. A campanha visa diretamente conscientizar e alertar a população sobre a realidade do suicídio e suas formas de prevenção, sob o tema: “FALAR É A MELHOR SOLUÇÃO”.

 Idealizado pela Organização Mundial de Saúde, o projeto “Setembro Amarelo” busca conscientizar a população sobre a vida, prevenindo o suicídio. De acordo com a Coordenadora da Atenção Básica do Município, Monaliza Arrais, várias atividades estão previstas para acontecer durantes esse período da campanha e em especial no Dia “D”, no dia 10/09.

A atual Secretária de Saúde do Município, Rosimar de França Lima , falou da importância da realização de ações voltadas ao tema. “É de grande importância ações como essas de abordagens e prevenções ao suicídio, pois dessa forma podemos quebrar o tabu de não se poder falar sobre esse assunto delicado. E, dessa forma, por meio de profissionais qualificados, vamos dispor de um diálogo mais esclarecedor e preventivo” – pontuou a Secretária Rosimar.

PROGRAMAÇÃO – Assunção do Piauí:

SETEMBRO AMARELO

O mês de setembro foi escolhido pela Associação Internacional de Prevenção do Suicídio para alertar sobre a importância de ações de prevenção. O objetivo da organização é dar destaque ao assunto, encarado por muitos como um tabu, e conscientizar a população.

O Brasil está entre os 28 países, de um universo de mais de 160 analisados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que possui estratégia de prevenção ao suicídio. O Ministério da Saúde, por meio da rede pública, oferece atenção integral em saúde para os casos de tentativa de suicídio.

Os fatores de risco associados com o suicídio estão transtornos mentais, como depressão, alcoolismo, esquizofrenia; questões como isolamento social, desemprego, migrantes; questões psicológicas, como perdas recentes, dinâmica familiar; e condições clínicas incapacitantes, como lesões desfigurantes, dor crônica e câncer.

P U B L I C I D A D E


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas