Home 
04/09/2018 às 13h58
Saúde de Assunção do Piauí realiza Campanha 'Agosto Dourado'

A campanha "Agosto Dourado" teve por objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância da amamentação.

Da Redação

A Secretaria Municipal de Saúde de Assunção do Piauí, que tem à frente a Secretária Rosimar de França Lima, cumpriu as ações alusivas à Campanha Mundial “Agosto Dourado”, que visa sensibilizar a população sobre importância da amamentação para a saúde das crianças, em atividades realizadas na última semana do mês de agosto – com foco no aleitamento materno exclusivo, na  conscientização e esclarecimentos as mamães e a comunidade   em geral.

A campanha, de acordo com informe publicado na página oficial (Facebook) do NASF de Assunção do Piauí, iniciou na localidade Teteu, com o acompanhamento da equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), composta por Nutricionista      e uma representante do Esf II. A ação fora desenvolvida em todo o município de Assunção do Piauí, ou seja, em suas respectivas localidades.

E, para encerrar a Campanha “Agosto Dourado”,  houve  uma mobilização com as gestantes e puerperas na conscientização do aleitamento materno exclusivo. Nesta ocasião teve a presença  da Equipe IV formada pelo médico Edalmo, Enfermeira Andreya Rodrigues, e o dentista Júnior. Representando a equipe Nasf esteve presente a Nutricionista Larisse Mendes, psicóloga Nagila Demétrio, fisioterapeuta Loisiane Soares e Rayssa Santanna.

Na campanha foram   abordados os seguintes temas:

-Alterações fisiológicas da gestante e puerperas e o uso de medicações nesse período;
- Importância do pré Natal e Puericultura; 
- Alimentação saudável da gestante e a importância do aleitamento materno exclusivo;
- Os fatores psicológicos que influenciam na amamentação e a depressão pós-parto;
- Estimulação doa seios, pega correta do bebê e posicionamentos na amamentação.

A Secretaria de Saúde de Assunção do Piauí, conforme a Coordenadora  da Atenção Básica, Monaliza Arrais, já está engajada na realização da Campanha “Setembro Amarelo”, ação de prevenção do suicídio.

IMPORTANTE LEITURA

Segundo especialistas, a amamentação exclusiva até os seis meses, sem a oferta de água, por exemplo, previne doenças e reduz a mortalidade infantil. Crianças alimentadas com leite materno até 2 anos também desenvolvem, em média, mais inteligência, e têm maior escolaridade e renda. Vários projetos no Senado buscam assegurar o direito ao aleitamento materno. Entre eles, uma proposta da senadora  Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que estabelece punição com multa de até R$ 477 mil quem constranger uma mãe que esteja amamentando em locais públicos (PLS 514/2015).

Fotos: Página Oficial-Facebook do Nasf local

P U B L I C I D A D E


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas