Home 
21/07/2018 às 11h03
Zona Rural de Assunção do Piauí sofre com a escassez de água potável

A suspensão da Operação Carro-Pipa já provoca escassez de água potável nas cisternas de várias localidades afetadas.

Da Redação

Durante o dia da última sexta-feira, 20/07, a reportagem do Tapuio Notícias, comandada pelo jornalista-web, Valter Lima, sob a orientação do guia, o Sr. Albino Amaro, esteve percorrendo várias localidades rurais do município de Assunção do Piauí, que já sofrem com a escassez de água potável.

Os moradores relataram o sofrimento pela falta do líquido potável em suas cisternas e pedem o socorro da ação urgente dos serviços de abastecimento através de carro-pipa, para que possam encher novamente esses reservatórios paliativos, e que, dessa forma, amenizem o sofrimento.

Vale ressalta que, o abastecimento para o consumo humano de água na maioria desses povoamentos assunçãoenses é feito sobre a captação de água da chuva nas cisternas instaladas pelo Governo Federal em cada moradia, ou por ação da operação carro-pipa, realizado em período de grande estiagem, ação esta que fora suspensa há três meses, conforme informou a Defesa Civil local.

O prefeito municipal, Antonio Luiz Neto, o “Netinho” (PSD), disse que, infelizmente, o poder público municipal não tem condições para abastecer com efetividade essas localidades afetadas, por isso pede a ajuda urgente do Ministério da Integração Nacional para sanar a situação das famílias atingidas, com o retorno dos trabalhos da operação carro-pipa. “Essas famílias estão sofrendo e necessitam dessa água das cisternas para beber, pois todos sabem que a água de barreiro ou algum açude é  imprópria para o consumo humano, já que não é tratada adequadamente”- salientou o prefeito.

Ainda, conforme o gestor municipal trata-se de uma Emergência constatada, e que a retomada da Operação Pipa no município de Assunção do Piauí é algo extramente importante para solucionar esse grande transtorno vivido por inúmeros moradores humildes.

Fotos:Valter Lima/Tapuio Notícias:

P U B L I C I D A D E


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas