Home 
06/06/2018 às 07h15
Duas mulheres foram estupradas por dia no Piauí, revela pesquisa do IPEA

O número é ligeiramente maior do que o registrado pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação do Ministério da Saúde (Sinan/MS), que notificou em 2016, 559 casos de estupro.

cidadeverde

Quase duas mulheres foram estupradas por dia no Piauí em 2016. A alarmante estatística foi divulgada nesta terça-feira (5) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) através do Atlas da Violência 2018, publicação produzida em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Naquele ano, 653 mulheres foram vítimas de violência sexual.

O número é ligeiramente maior do que o registrado pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação do Ministério da Saúde (Sinan/MS), que notificou em 2016, 559 casos de estupro. 

O Estado com maior número de estupros é São Paulo, com 10.055 vítimas. No Piauí, o último caso de grande repercussão ocorreu no começo da semana em Teresina. No domingo, um ex-marido foi preso suspeito de espancar, estuprar e manter em cárcere privado a esposa. Ela conseguiu fugir e denunciar o caso à polícia. 

Denúncia que pode ser feita através de um aparelho de celular, graças ao aplicativo Salve Maria, -tecnologia desenvolvida pelo Governo do Estado. O mecanismo foi criado para que a “polícia esteja mais próxima da população” e para "chegar o mais rápido possível no local onde a vítima está”.

Através do Botão do Pânico, o denunciante emite um ponto de localização da ocorrência para a viatura mais próxima, fazendo que os policiais cheguem o mais rápido possível até a vítima. 

No dia 15 de maio de 2018 foram sancionadas pelo governo do Estado as leis que criam o Departamento Estadual de Proteção à Mulher e também as Delegacias das Mulheres em todos os territórios de desenvolvimento do estado.

P U B L I C I D A D E


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas