Home 
07/05/2018 às 07h31
Confirmado a primeira morte por H1N1 no Piauí

A informação foi confirmada pela FMS nesse domingo (06).

cidadeverde

O motorista da Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) de iniciais F.L.S, de 52 anos, morreu vítima da gripe H1N1. A informação foi confirmada pela Fundação Municipal de Saúde neste domingo (06). Na sexta-feira (04), o Cidadeverde.com já havia noticiado que o motorista havia sido enterrado com caixão lacrado por suspeita da gripe. 

Segundo a FMS, ele era cardiopata, não aceitou internação na primeira ida ao hospital e quando retornou já estava em estado gravíssimo. O motorista morreu no último dia 30 de abril. Outra morte, a do emprésario Luís Albuquerque ocorrida na madrugada de hoje(06) tambem deve ser investigada já que morreu com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRGA). 

Nesta segunda(07), Fundação deve divulgar o resultado de mais casos que estão sob investigação. Semana passada eram 52 suspeitas de Síndrome Respiratória Aguda Grave são investigados pelo laboratório, sete já foram confirmados este ano. Entre eles está o caso da garota de 13 anos internada no HUT e sob tratamento com Tamiflu, medicamento usado para tratar o H1N1.

FMS faz alerta

Em nota, a FMS alerta que as pessoas com doenças crônicas que apresentem síndrome gripal aguda procurem o serviço de saúde o mais rápido possível para que as medidas cabíveis, em caso de H1N1, sejam tomadas. 

A Fundação informa ainda que não existe nenhum protocolo da Organização Mundial de Saúde (OMS), ou do Ministério da Saúde, para realização de protocolo de bloqueio com medicamentos ou vacina de quem teve contato com pessoas com H1N1. 

Teresina aguarda que o Ministério da Saúde envie novo lote de vacinas contra gripe esta semana. Tudo está sendo feito para que ocorra dentro do previsto. O estoque de vacinas contra a gripe, que protegem contra os vírus influenza tipo B, A H1N1 e A H3N2 já zerou na Rede de Frio da capital.

O Ministério da Saúde é responsável em enviar as doses da vacina contra a gripe. A Secretaria Estadual de Saúde é responsável em fornecer as agulhas para aplicação das doses e a Fundação Municipal de Saúde é responsável pelo armazenamento, distribuição e aplicação das doses na população.

P U B L I C I D A D E


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas