Home 
22/02/2017 às 18h58
Contas de luz ficam, em média, 7,17% mais caras esse ano

As contas ficarão até 40% mais caras para grandes consumidores

Cidadeverde.com

7,17% - esse é o percentual médio de reajuste que será imposto nas contas de energia elétrica durante o ano de 2017. O motivo é a indenização bilionária que o governo federal deve às concessionárias de transmissão de energia.  O valor total, que acabará saindo integralmente do bolso do consumidor, é da ordem de R$ 62,2 bilhões. Para os grandes consumidores, a fatura pode ficar até 40% mais alta.

A portaria que determina o cálculo para o pagamento das indenizações às nove transmissoras foi aprovada nesta semana pela Aneel. A maioria das companhias é do sistema Eletrobras e o prazo de pagamento é de oito anos. O impacto será repassado ao consumidor conforme o aniversário de reajuste anual de cada concessionária.

Reajuste ilegal

A Associação Brasileira de Grandes Consumidores de Energia (Abrace) estuda recorrer à Justiça por acreditar que o reajuste é ilegal. Segundo o órgão, a lei que regulamentou a previsão de indenizações só considera a obrigatoriedade de pagamento em casos de concessões extintas. E essas transmissoras tiveram suas concessões prorrogadas, por meio da famigerada MP 579, antes de serem extintas.

P U B L I C I D A D E


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas