Home 
02/06/2018 às 10h38
Fátima Bernardes elege música do namoro com Túlio Gadêlha

“Quando a gente está bem por dentro, está bem por fora”, diz Fátima.

Pure People

Pernambuco está bastante presente na vida de Fátima Bernardes – pelo menos, desde que começou a namorar com Túlio Gadêlha, no final de 2017. Durante participação no programa "Minha Canção", comandado por Sarah Oliveira, na Rádio Eldorado, nesta sexta-feira (1º), a jornalista contou que a música "O Que Me Interessa", do pernambucano Lenine, embala seu relacionamento com o advogado, conterrâneo do cantor. "Eu e Tulio temos hábito de trocar músicas, e essa ['O que Me Interessa'] foi ele que me mandou. Tem versos lindos e que me dizem muito, como por exemplo 'eu quero estar cercada só de quem me interessa'", contou ela, que foi chamada de "quase pernambucana" pelo companheiro.

'Quando a gente está bem por dentro, está bem por fora', diz Fátima

Curtindo uma nova fase na vida amorosa, Fátima Bernardes tem recebido muitos elogios por sua beleza e forma física. "Quando a gente está bem por dentro, está bem por fora. As pessoas são generosas quando me reconhecem como ícone de beleza", disse ela em entrevista. Túlio Gadêlha, por sua vez, afirmou a mudança na jornalista em nada tem a ver com o início do relacionamento: "Acho que há um pouco de machismo nisso de atribuir só a mim o momento atual dela. Eu já encontrei ela assim, desse jeito. Realizada profissionalmente, pessoalmente."

Jornalista lamenta comparação de namoro com antigo casamento

Apesar de estar vivendo uma nova fase, há ainda quem compare o atual relacionamento da apresentadora com seu casamento já terminado. "Isso me incomoda porque as pessoas comparam um relacionamento de felicidade com um comportamento em que havia de tristeza óbvia pelo fim de um relacionamento de muitos anos. Não tinha como estar esbanjando felicidade naquele momento independentemente de por que o casamento terminou. Ele foi feliz em 26 anos, ele foi incrível, eu tenho 3 filhos maravilhosos, então lamento esse tipo de comparação. Não me abala porque sei o que foi, da qualidade que foi essa relação anterior, e hoje fico feliz delas me acharem feliz", disse.

(Por Vanessa Nogueira)

P U B L I C I D A D E 


Link