Home 
07/06/2016 às 13h51
Sem Messi, Di María e Banega decidem, e Argentina vence Chile

Os três gols saíram na segunda etapa, após um primeiro tempo movimentado.

ESPN

Na busca do primeiro grande título desde 1993, a Argentina começou bem sua caminhada na Copa América Centenário. Nesta segunda-feira, em reedição da final da última edição do torneio, a equipe superou o Chile por 2 a 1 em Santa Clara, em jogo válido pela primeira rodada do grupo D.

Os três gols saíram na segunda etapa, após um primeiro tempo movimentado.

Ángel di María abriu o placar aos cinco minutos. Ele finalizou bem uma jogada iniciada por Banega, que roubou a bola de Aránguiz e deixou o atleta do PSG em boas condições de finalizar.

Di María retribuiu a assistência aos 13 minutos. Ele correu pelo meio e abriu na esquerda. Banega dominou e finalizou para marcar - a bola ainda desviou em Isla antes de passar pelo goleiro Bravo.

No último lance do jogo, Romero saiu mal para cortar cruzamento e Fuenzalida diminuiu.

Sem messi

A seleção comandada por Tata Martino não contou com Lionel Messi. O jogador do Barcelona estava no banco de reservas, mas sem o uniforme de jogo, assim como Lavezzi. Nos últimos dias, Messi chegou a treinar separado do restante do elenco para se recuperar de maneira mais adequada de uma contusão sofrida contra Honduras, no último amistoso antes da Copa América.

Com o triunfo, os argentinos melhoram seu desempenho sem o atleta do Barça. Antes do jogo, segundo levantamento feito pela ESPN, a Argentina tinha aproveitamento de pontos de 65,7% com Messi em campo e 50% sem ele.

Classificação e tabela

Com o triunfo, os argentinos largam na frente do grupo D, com três pontos, assim como o Panamá, que derrotou a Bolívia também por 2 a 1. Os chilenos - que podem ter sofrido uma baixa importante com a lesão do são-paulino Mena na segunda etapa -, portanto, dividem posição com os bolivianos, com zero ponto.

A segunda rodada do grupo D será na sexta-feira, dia 10 de junho. O Chile enfrenta a Bolívia a partir das 20h em Foxborough. Já Argentina e Panamá se enfrentam no Soldier Field, em Chicago, a partir das 22h30.

P U B L I C I D A D E


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas