Home 
07/06/2016 às 13h43
Fifa 17 procura clubes brasileiros e encaminha contratos para assinatura

Dezessete dos 20 membros da Série A fecharam acordo no ano passado.

ESPN

Com a data de seu lançamento anunciada, a EA Sports mantém conversas para assegurar a presença dos clubes brasileiros no Fifa 17. Nas últimas semanas, a empresa agiu no mercado e procurou os times que ficaram de fora da atual edição. Ela pretende evitar, assim, que se repita o que aconteceu na atual temporada e fazer frente ao concorrente Pro Evolution Soccer (PES).

Dezessete dos 20 membros da Série A fecharam acordo no ano passado.

Flamengo, Corinthians, Goiás e Sport acabaram não assinando com a EA Sports. Entre os motivos, divergências financeiras e até mesmo dificuldade no recolhimento da autorização de seus respectivos elencos.

Para evitar ações na Justiça, o procedimento utilizado em 2015 foi mais uma vez adotado e as equipes foram encarregadas recentemente de reunir os documentos de liberação de direitos de imagem de seus atletas e encaminhá-los para a produtora.

"A gente já foi procurado pelo Fifa 17 e tudo indica que vamos fechar. Ainda no mês passado, recebemos o contrato e pedimos ao departamento jurídico que o analisasse", afirma a diretora de marketing do Sport, Melissa Amorim, ao ESPN.com.br.

O time da Ilha Retiro foi ausência no Fifa 16 devido ao entendimento de seus advogados de que detém o uso coletivo da imagem de seu grupo e que, por isso, um documento autorizando a utilização é suficiente, não sendo necessária a assinatura individual de cada um dos atletas.

Segundo apurado pela reportagem, outro com situação avançada é o Botafogo. Ele já conta com a liberação de seus jogadores.

O Santa Cruz, por sua vez, enfrenta mudanças em seu departamento comercial que atrasaram o processo, mas não devem ser empecilho.

Flamengo e Corinthians têm acordo de exclusividade com a Konami para o PES. Os demais que figuraram em 2016 carregam contratos com duração ainda em vigência e devem estar presentes no game que será lançado em 29 de setembro.

P U B L I C I D A D E


Link
Comentar pelo facebook:

Notícias relacionadas